// Postado Por: JK.Lima //: 18 de abr de 2011

Para quem conhece a musica já está acostumado a ouvir toda aquela historia que há na canção do Legião Urbana, agora a musica vai virar uma adaptação, é vai ser Brasileira então não tem como esperar aquela produção gigantesca que deixe muita gente de boca aberta.

 Os 159 versos de Faroeste Caboclo, compostos por Renato Russo, estão prontos para conquistar novos espaços. Após consolidar-se como a música mais tocada em rodas de violão (ao lado de More Than Words) e ser alvo de disputa judicial por seus direitos autorais, a canção finalmente virará filme. Quem confirma a informação é a própria produção do longa, em sua página no Yahoo! Brasil.
A letra narra a trajetória do anti-herói João de Santo Cristo, um traficante que se muda do interior do Nordeste para Brasília. Lá, ele conhece Maria Lúcia, por quem se apaixona, e é jurado de morte por Jeremias, rival na desonrosa profissão. Nos cinemas, o trio será interpretado por Fabrício Boliveira, Ísis Valverde e Felipe Abib, respectivamente.

O baiano Fabrício Boliveira é ator de teatro, televisão e cinema - recentemente, participou do filme 400 Contra 1. A mineira Ísis Valverde é conhecida por seu trabalho em novelas e estreará em longas com Faroeste Caboclo. Já Felipe Abib, nascido no Rio de Janeiro, faz sucesso nos palcos e andou por todo o país com o espetáculo Cachorro!, além de ter participado do filme 180°.
Há quatro anos, havia sido noticiado que o roteiro estava sendo elaborado por Paulo Lins (autor do livro Cidade de Deus) e que René Sampaio (responsável por curtas premiados, como Sinistro) seria o diretor. O portal do filme, contudo, não confirma nenhum nome além dos três atores. Já o site da Gávea Filmes, produtora do longa, cita Lins e Sampaio como parte da equipe, mas sua última atualização foi feita no ano passado, quando a produção sequer havia sido confirmada. Outro que tem sido citado como autor do roteiro é Marcos Bernstein (Central do Brasil) - também sem confirmação. 
O filme tem estreia prevista para 2011.

via: cinema em cena